Insônia Como Combater Esse Mal

Hoje vamos falar sobre a Insônia, esse mal que vem afetando a população não só do Brasil, mas também do Mundo e também 8 dicas pra você que tem insônia, procurar espantar esse distúrbio do sono pra lá.

Caso prefira, você pode acompanhar essa matéria em vídeo, é só clicar abaixo:

Pesquisa Sobre Insônia

Segundo uma pesquisa realizada ano passado pela Royal Philips com 13 mil pessoas em 13 Países  Brasil, Usa, Reino Unido, Austrália, Itália, India, Alemanha, França, China, Japão, Holanda, Cingapura e Coréia do Sul. 

Onde a média de idade ficou em  43,6 anos, sendo 60% o sexo masculino, 39% feminino e 1% declarou outros.

O Grau de satisfação com o sono nessa pesquisa chegou a 49%, ou seja 51% tem algum problema de insônia.  No Brasil esse índice ficou em 60% de satisfação, ou seja 40% ou 4 em cada 10 tem insônia.

Foi apurado ainda que 60% dos entrevistados é casado(a) ou mora com um parceiro(a), e que 43% tem ao menos uma criança em casa e que 55% trabalham em tempo integral.

Há outros dados interessantes nessa pesquisa como uso de celular na cama, estratégias usadas como ler na cama, ou ouvir uma música relaxante, pra você que deseja acessar essa pesquisa com os infográficos, entre em contato por um de nossos canais de atendimento, seja email , whatsapp, site, insta, etc.. e peça um Ebook com esses dados, é gratuito peça já o seu.

Veja As 8 Dicas Para Você Se Livrar Desse Distúrbio Do Sono

1) Procure adotar os mesmos horários para ir dormir e levantar.

Tenha regularidade, e procure deitar e levantar habitualmente nos mesmos horários, se possível também nos fins de semana.

2) Evitar bebidas com cafeína à noite.

Café, chá-preto, chá-mate, refrigerante e energético contêm substâncias estimulantes, como a cafeína. Por isso devem ser evitados até cinco horas antes de dormir.

3) Evitar dormir muito durante o dia.

Cochilos, quando possíveis, podem ajudar na disposição, mas acima de 30 minutos (em qualquer momento do dia) tendem a prejudicar o sono noturno.  Então já sabe na hora do popular “Kilo” depois do almoço, nunca passe de meia hora.

4) Evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

Apesar de o primeiro efeito do álcool ser sedativo, depois de um tempo ele pode provocar agitação. Recomenda-se então evitar o consumo de álcool até seis horas antes de dormir e como indutor ou conector do sono.

5) Diminuir a exposição à luz durante à noite.

Ao escurecer, começamos a produzir melatonina — hormônio que ajuda nosso organismo a se preparar para dormir. Lâmpadas fortes, telas de computador, tablets e celulares podem atrapalhar a produção de melatonina, e devem ser reguladas ou evitadas durante à noite.

6) Comer alimentos leves no jantar.

Alimentos pesados e ricos em proteína, quando consumidos em excesso à noite, podem atrapalhar o sono. Pratos leves com carboidrato, como um lanche natural, são mais indicados para induzir o sono.  Portanto, nada de feijoada, churrasco ou alimentos do gênero no “anteceder do sono”.

7) Tentar não “brigar” com a insônia.

Ir para a cama sem sono não ajuda. O ideal é fazer alguma atividade com pouca luz e que não provoque agitação, como ler, assistir a um programa de TV enfadonho ou ir pra outro ambiente extremamente silencioso, relaxar e esperar o sono vir. Se despertar, o ideal é retomar essas atividades até sentir sono novamente.

8) Criar um local aconchegante para dormir.

Iluminações do despertador, da rede sem fio (wireless) e do aparelho de TV a cabo podem prejudicar o sono, assim como barulhos da rua, ronco do parceiro ou da parceira e movimentações de animais domésticos. Devemos regular as luzes emitidas pelas telas de celular e tablets, durante à noite, para emitirem menos luz, e criar um ambiente totalmente escuro e silencioso para dormir.

E sobre ronco do parceiro que falei acima, tenho uma solução pra você resolver isso. 

Chegou no Brasil um produto que vai fazer você ou seu parceiro parar de roncar já na primeira noite de uso, trata-se do Air Sleep, um clipe nasal Anti Ronco que regula sua respiração e faz você parar de roncar, clique aqui ou na foto abaixo e sabia mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Me Chame